quinta-feira, 14 de março de 2019

Saiba mais sobre o Curso de Desenvolvimento Mediúnico no Recanto

Muitas vezes, quando a assistência passa pela consulta, os guias dizem que é preciso desenvolver a mediunidade. Algumas pessoas perguntam por que, se realmente é necessário, porque muitas vezes não conseguem compreender a questão, principalmente quando já trabalharam incorporando alguns guias de trabalho, mesmo sem ter qualquer conhecimento teórico.
Por Mãe Sandra Sagrado. 

A explicação que sempre temos dos guias é que, antes de encarnar, fazemos os acordos para a encarnação e temos nosso grupo que acompanhará todo o processo que são os guias. Ao encarnarmos, passamos pelo processo de esquecimento e, consequentemente, não lembramos da missão acordada antes da vinda à encarnação.
 
Dependendo da missão que o indivíduo tem a cumprir, há várias formas de realizá-la, pois há missões que oferecem um leque de opções e outras são mais afuniladas, porque cada um é diferente e único. E o tal do livre arbítrio, muitos perguntam? E o Caboclo 7 Pedreiras nos responde: "O livre arbítrio é a chance que voce tem de escolher fazer sua missão programada ou não e aceitar as consequências desta escolha".
Sendo assim, livre-arbítrio, nada mais é do que aceitar ou não a luz, não tem nada a ver com as escolhas cotidianas, mas sim com o processo de escolha rumo a evolução ou ficar somente no plano material, no aqui agora, independentemente da evolução espiritual.

E, por que desenvolver mediunicamente?
A mediunidade possui várias características que interferem na vida da pessoa como um todo, seja ela de audiência, vidência,cinestesia, dentre outras. Quando ela está desequilibrada, é necessário aprender a lidar com suas energias, saber quais linhas que elas seguem e como se equilibrar para ter uma vida melhor.
Geralmente, é a própria espiritualidade quem leva o médium a procurar uma casa,  quando percebe que há chance de evolução e já sabe que o médium irá passar pelo processo de desenvolvimento mediúnico para que, justamente, tanto no plano material, quando no plano espiritual  haja os devidos entendimentos para que a espiritualidade chefe do terreiro se entenda também com a espiritualidade do médium em desenvolvimento, de forma que ao trabalharem, falem a mesma língua e o médium cumpra a missão de acordo com as regras do terreiro e da Egrégora ao qual está inserido.
Por isso, na maioria dos terreiros o médium já desenvolvido também passa por este processo, pois há a reunião no plano material e também a reunião no plano espiritual através da qual os guias chefes do terreiro vão determinar as funções do médium em desenvolvimento de acordo com suas energias, guias etc.
O curso de Desenvolvimento Mediúnico serve para que o médium aprenda a lidar com suas energias e suas forças (Orixás e guias), aprenda a lidar com sua mediunidade e as várias formas que ela se manifesta, tanto em sua vida pessoal, quanto na coletiva no terreiro. 
Quando o médium sai de um terreiro para outro, há uma readaptação de todas as energias quanto as regras e a missão da casa e do médium nesta nova etapa e todos, médiuns e guias, começam uma nova jornada juntos e o desenvolvimento é para ser estabelecer esta harmonia para que possam evoluir e trabalharem em entendimento na luz.
Cada terreiro tem suas regras, os guias têm sua forma de trabalhar nenhuma casa é igual a outra e leva um tempo até que os médiuns se habituem. Há casa em que náo há estudo de doutrina, apenas prática e o médium não tem o hábito de estudar e não se organiza para isso.
Aqui no Recanto Sagrado Ubiratan, é preciso estudar, porque "Umbanda tem Fundamento e é Preciso Preparar." O médium precisa aprender a doutrina de Umbanda Sagrada para um dia poder atender dentro das regras da Egrégora e poder estar junto à missão corretamente. Daí a importância do aprendizado teórico e prático sempre!
Existe médium desenvolvido?
O médium deve sempre se considerar um aprendiz, pois quando acha que já está desenvolvido, deixa de se permitir aprender e perde muito. Costumamos que que o Desenvolvimento é contínuo, pois exige também o autoconhecimento, a Reforma Íntima e é o plano espiritual que dá  permissão para que o médium trabalhe, mas isso não significa que ele seja totalmente desenvolvido, porque durante toda a vida há o desenvolvimento e novas descobertas sempre irão acontecer.
O médium pode fazer o Desenvolvimento Mediúnico para aprender mais, a lidar melhor com seus guias e sua mediunidade para melhor atuar na casa que já trabalha, mesmo que não queira ser membro da casa. Para o Recanto Sagrado Ubiratan ser umbandista é ser a Umbanda dentro e fora do terreiro, havendo mudanças em todos os sentidos da vida.
Nosso Cursos de Desenvolvimento Mediúnico que é totalmente presencial, havendo alguns bônus online. Dentro do progama do curso está o Teórico com Teologia de Umbanda Sagrada, práticas como Pontos Cantados, Meditação na Umbanda, Incorporação e Preparação das defesas do médium

Horarios dos Cursos
QUARTAS-FEIRAS: das 20h às 22h (3 quartas-feiras, aulas práticas na Giras)
SÁBADO DE MANHÃ: das 10h às 12h30 ( 3 sábados, aulas práticas nas Giras)
SÁBADO À TARDE: das 15h30 às 18h30 (Quinzenalmente, aulas práticas também nas Giras) 
Inscriçóes diretamente no Recanto
A Rua Victório Santim, 1511, Vila Carmozina, Itaquera, São Paulo/SP

Inscrições nasede do recanto e informações pelo whatsapp
https://chat.whatsapp.com/CtpSDgefsySDax3N3hbvGp

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Cursos iniciando no Recanto

O Recanto Sagrado Ubiratan é um templo de Umbanda Sagrada e um Núcleo de Magia Divina.
O importante é que todo participante também aprenda com os cursos para poder se defender, se ajudar, assim como ajudar os demais ao seu redor, tornando este mundo um lugar melhor pra se viver.

Se quer fazer algum curso, acompanhe nosso cronograma para o mês de fevereiro e se inscreva.
Pode pedir informações e inscrições pelo whats do Recanto: 11 99855-6008
Saiba mais....http://www,recantosagradoubiratn.com.br


Guarde este calendário e participe!


segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Curso de Desenvolvimento Mediúnico no Recanto

Para que serve o desenvolvimento mediúnico? Por que o médium precisa fazê-lo? Quais as consequências da mediunidade?

Por Sandrah Sagrado


Quando somos médiuns estamos no caminho do meio entre o plano espiritual e o plano físico e com nossos canais abertos a quaisquer tipos de energias. Podemos entender energias como emanações de pensamentos, sentimentos, ações e vibrações de encarnados e desencarnados (espíritos).

A energia em si pode ser negativa ou positiva depende de sua fonte de emanação. No entanto, os canais abertos podem receber as energias sem diferenciar se são positivas ou negativas e assim, o médium pode ter vários sintomas sejam mentais, emocionais, físicos (saúde, finanças, família etc), espirituais (ver e ouvir seres diversos dentre outras).

Na maioria das vezes as famílias creditam visões e ouvir vozes a problemas médicos, como foi o caso do próprio fundador da Umbanda Zélio Fernandino de Morais que aos 17 anos teve uma série de mudanças e temendo que estivesse enlouquecendo, a família o levou a médicos até que foi constatado que era de fundo espiritual, isso em 1908.

Até os dias atuais isso ocorre com a  maioria de nós. Quando o médium começa a ouvir vozes, ver seres, ter  sensações de situações a seu redor,  se não pertencer a uma família que tenha conhecimentos sobre mediunidade, é levado primeiro ao médico, quando este não resolve aí sim, vão verificar o problema espiritual e na maioria das vezes é detectada a mediunidade.

Como lidar com os sintomas da mediunidade? 


Estas respostas são encontradas na Educação Mediúnica que ocorre no processo do Desenvolvimento Mediúnico, através do qual o médium vai saber qual seu tipo de mediunidade, aprender a lidar com ela, com questões do dia-a-dia que a  envolvem e qualificar seus centros de força para lidar com as energias da melhor forma possível para que beneficie a si mesmo e aos demais ao seu redor.

Assim, mudará a forma de pensar os problemas a partir do momento que começar o desenvolvimento mediúnico que ocorre não só para o encarnado, mas para todos os desencarnados que o circundam. É um processo que fará rever a vida e seus conceitos!

Tem visões, ouve vozes,  tem sonhos  premonitórios, dizem que voce é diferente? Pode ser mais comum do que pensa e só precisa educar a mediunidade para se sentir melhor consigo mesmo e encontrar os seus iguais.

Lembrando que a Umbanda só faz o bem! Por isso promove cura, bem estar e alegria!
Quem começa a se desenvolver na Umbanda, diz que é um divisor de águas,  e pode comparar  sua vida antes e depois da Umbanda!

Justamente porque a Umbanda é uma religião voltada para o desenvolvimento dos processos mediúnicos. Este ano, o Recanto Sagrado Ubiratan abre novas duas turmas de DEsenvolvimento:
* Quartas-feiras, das 20h às 22h 
* Sábados, ds 10h às 12h
 
O curso é ministrado pela dirgiente espiritual do Recanto Sagrado Ubiratan Mãe Sandra Sagrado, Mãe Sonia Roberto e Pai Rafael Régis.
 
Participe!
Informações pelo whats do Recanto  11 99855-6008

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Obsessores Sexuais

Muito se fala sobre obsessão espiritual, no entanto, ela só ocorre devido a Lei das Afinidades. Ou seja, a pessoa atrai o tipo de obsessor ao qua sua energia está afinada, quando está desequilibrada energéticamente, voltada para sentimentos negativos, vícios, criando formas pensamentos negativos e atraindo para si, vários tipos de obsessores, dentre eles os obsessores sexuais e larvas astrais.
Mãe Sandra Sagrado - Fonte: Sagrada Umbanda Original

Obsessores Sexuais: Incubus e Súcubus

Já na antiguidade se combatia estes espíritos que eram chamados de demônios e possuiam as pessoas consumindo sua energia sexual ou durante o ato ou levando-as a orgias e todo tipo de desvario sexual. Os obsessores sexuais que assumiam as formas humanas masculinas eram conhecidos como súcubus (do latim sucubi, aquele que fica por cima) e os incubus que assumiam formas femininas (do latim incubi, aquele que fica embaixo). Na verdade, são espíritos que regrediram à instintividades, desceram para o baixo astral e se nutrem das energias sexuais.


Não existe a possibilidade de relacionamento entre seres espirituais e seres físicos, isto é muito difundido em filmes, contos, mas isso não é possível. Quando o encarnado baixa sua vibração, ficando instintivo, trevoso, rancoroso, com sentimentos negativos e com tendências a vícios sexuais é que esses obsessores se aproximam pela Lei das Afinidades, consumindo a energia existente no obsidiado.

Psicologicamente, os sonhos são formas que a psique se utiliza para descargas de energias do ocorrido durante o dia e é normal sonharmos com o que acontece, coisas triviais como comida ou desejos do que queremos no plano material. Há os sonhos espirituais, nos quais os mentores buscam o médium para um trabalho realizando atividades no astral, sempre com acompanhamento. No entanto, quando o indivíduo está desequilibrado, querendo realizar desejos sexuais, vicios, os quais não pode fazer no plano material, sua energia é captada por esses obsessores que fornecem em sonhos ou mesmo possessão, o prazer temporário necessário. Ao acordar, a pessoa normalmente se sente vazia, desmotivada, muitas vezes com sentimento de culpa sem entender o que ocorre.

Há casos em que a pessoa obsidiada é o tempo todo estimulada, muitas vezes levondo-a a prostituição, orgias de toda ordem e até vícios. São extremamente perigosos e é preciso empenho para tirá-los, porque muitas vezes são desencarnados completamente caídos, às vezes com ligação com o encardo, de alguma maneira, sendo alimentado pelas energias criadas. Dá para se livrar e se curar disso? Claro que sim, depende do encarnado querer mudar seu padrão energético de pensamentos, palavras e ações e colaborar na mudança.

Larvas Astrais
As larvas astrais são parasitas disformes ( não chegam a ser seres, nem espíritos) e são atraídas pelos vícios: drogas, cigarro, bebidas, sexo etc... São como uma sujeira de energia que grudam no  campo mediúnico do médium, alimentando-se do vício e incentivando para que ele aumente. A larva procura o encarnado como um hospedeiro do qual irá se alimentar e se fortalecer a partir dos vícios e energias negativas dele emanados. Essas entidades do astral inferior se alimentam dos desejos e instintos destrutivos. Pode se perceber quando uma pessoa está cheia de larvas astrais quando quer beber sangue, comer lixo, cadáveres, tem vícios de drogas, excesso de álcool. e comportamentos negativos e repetitivos. Muitas vezes o hospedeiro é levado ao suicídio, quando as larvas buscam outro encarnado para se hospedar.


Eis alguns tipos de larvas astrais:
( nota-se que os nomes dessas larvas são apenas alegorias para melhor representá-los)
  • Dragões: formas-pensamento criadas em prostíbulos, bordéis, boates e congêneres.
  • Íncubos e Súcubos: nascidos de fantasias sexuais, sonhos eróticos e masturbação intensa. Os íncubos acompanham as mulheres e os súcubos permanecem na atmosfera áurica dos homens. 
  • Fantasmatas: átomos putrefatos desprendidos de cadáveres. Fixam-se nas pessoas emocionalmente receptivas que visitam cemitérios e/ou que ficam pensando em pessoas falecidas.
  • Leos e Áspis: Nascem de atitudes ligadas ao orgulho e ira exacerbados, em reuniões de partidos políticos, desfiles militares e discussões que não levam a nada.
  • Mantícoras e Basiliscos: gerados em atos sexuais antinaturais (bestialidades, homossexualismos  desfreados pela busca apenas de prazer sexual, atos sexuais com violência e dor, demais atos e fantasias sexuais que levam a aberrações).
  • Há muitos outros como: os Vermes da Lua, Caballis e Vampiros, que se alimentam de sangue (locais onde houver mênstruo, matadouros, depósitos de lixo hospitalar etc.), comida apodrecida, casas sujas etc.
    Muitas dessas Larvas podem ser destruídas com as defumações, aliadas a trabalhos mágicos, com orações e rituais de limpeza, Magia Elemental etc.
    Existem alguns elementos de comprovada eficácia, como aloés, mirra, cânfora, assafétida, pau d'alho, arruda, alecrim, benjoim, a casca de alho, enxofre (em pequena quantidade) e zimbro. Tais produtos, repito, se queimados num turíbulo, ou qualquer receptáculo que contenha carvão em brasa, irradiam junto com a fumaça desprendida múltiplos elementos purificadores do local e da aura
  • Todo tipo de vício atrai larvas astrais, cada uma de acordo com suas necessidades. Também há larvas que se alimentam de práticas de magias e rituais negativos que se tornam vício e obsessão  para muitas pessoas.
Há como combater essas energias negativas?
Na Umbanda Sagrada tratamos e lidamos com elevados Espíritos e Guardiões da Luz e também com a Magia Divina que é um poderoso instrumento para o tratamento destas questões, desde que o encarnado se submeta ao tratamento e, principalmente, a uma mudança no seu padrão vibratório, através da positivação de suas palavras, pensamentos e ações, vibrando e atuando sob a Luz Divina e orientação dos Mentores de Luz e se distanciando de vícios, buscando sua cura. Quando o padrão energético muda, não há como essas energias negativas se agarrarem e o encarnado começa a se sentir melhor.
Se já aconteceu com voce, procure ajuda urgente, tanto psicológica quanto espiritual para fortalecer seu mental, seu emocional e consequentemente seu espiritual. Estas energias só ocorrem se o encarnado permitir ou chamar por elas indevidamente, devido a fraqueza dos vícios.
 
Todos possuem uma centelha divina que pode ser amparada, fortalecida, estimulada para que a ligação com o Criador se fortaleça e possam melhorar em todos os sentidos da vida, principalmente no campo espiritual. 

segunda-feira, 4 de junho de 2018

A mudança interna promove a externa

É sempre bom nos lembrarmos que Umbanda é a incorporação do espírito para a prática da caridade. Como praticar a caridade sem  modificar pensamentos, palavras e ações e criar uma mudança interior?
Por Mãe Sandra Sagrado

 Toda cura espiritual exige limpeza de pensamentos, palavras e ações. Não existe imediatismo para a cura espiritual!! Não é mágica!! Há pessoas que levaram uma vida inteira estragando a si mesmo e sua família e querem que, de uma hora para a outra, a espiritualidade resolva seus problemas, independentemente de ter ou não merecimento. Faça por merecer! Jesus disse: Faça que eu te ajudarei.
A espiritualidade faz a parte dela e o encarnado tem que fazer a sua e jamais culpar a espiritualidade por sua incompetência em mudar a si mesmo. A mudança tem que ser interna. O médium de Umbanda tem que internalizar a necessidade de mudar, praticar e, com o tempo, tudo ao seu redor mudará!!! A vida só muda se voce se mudar!!
Falatório é como um vomitório para fugir,porque mudar a mentalidade, o modo de ver a vida é se dispor a amar ao próximo como a si mesmo, sair de seu próprio umbigo para só assim praticar a caridade, não é uma tarefa fácil. 
Amar ao próximo? A maioria não consegue ainda amar a si mesmo, que dirá ao próximo¹ Confundem amor com manipulação, controle do outro para seu próprio bem e vivem com os olhos focados no próprio umbigo, com a mentalidade escravocrata de achar que os guias são seus empregados!!
Façam-me o favor!! Depois saem da casa que participam e colocam defeitos nos dirigentes, nos guias, nos outros médiuns para encobrir o defeito maior que é em si mesmo e no seu ego vaidoso de querer enganar a si mesmo e aos demais para tentar manipular.
Os dirigentes e médiuns podem ser bobos algumas vezes e até se deixarem levar, mas a espiritualidade está atenta a estas mentalidades  que gostam de usar as palavras de forma inadequada, torcem o que os guias falam pensando somente em si mesmo, querem somente ouvir a orientação que aumente seu ego, mas na verdade querem continuar doentes com aprovação de todos. Tal como os alcoólatras que não admitem o vício, porque trabalham e têm família. 
É preciso admitir seus erros, mudar posturas e silenciar para não falar somente para esconder o que é de si para os demais. A espiritualidade enxerga pela luz do ser, muito além das palavras. Para se limpar da sujeira enrgética e magnética que o impregna, o médium precisa ter a humildade de aceitar que é preciso mudar e que é sim, doloroso, difícil, mas necessário.
Se não se propuser a fazer uma reflexão interna sobre si e sua história pessoal, não adiatan repeti-la 500 mil vezes para chamar a atenção, é preciso mudar a forma de ver a si mesmo e começar a transformar-se num ser melhor, ampliando a centelha de luz Divina que há dentro de si.
Ninguém disse que seria fácil. 
Por isso sempre digo: ser médium é para os fortes que aceitam o desafio de se reconstruirem internamente a cada dia e com honestidade emocional.

quarta-feira, 28 de março de 2018

A Páscoa e a Umbanda

Qual a ligação da Páscoa com a Umbanda? Nenhuma, porque assim como a Quaresma, a Páscoa é um ritual da religião católica e nós, umbandistas, temos nossos próprios ritos e doutrina. Só escrevo este artigo, porque muitos umbandistas repassam mensagens e textos como se fossem católicos, talvez ainda por não ter assumido totalmente que UMBANDA é nossa RELIGIÃO. Ou por ainda se sentirem ligados à  religião onde foram criados.
Por Mãe  Sandra Sagrado



O que é Religião
Religião são rituais e doutrinas criadas por espíritos de luz e encarnados para que possamos nos ligar ao Divino Criador e, através destes rituais, podermos nos iluminar. A UMBANDA é RELIGIÃO considerada como tal a partir do momento que o Caboclo das 7 Encruzilhadas incorporou no médium Zélio Fernandino de Moraes e fez a primeira Gira de Umbanda em 15 de novembro de 1908.

A partir daí, temos todos os ritos e consagrações necessárias para uma religião: Batismo, Amaci, Casamentos, Funerais, Festas de Orixás (Ogum, Oxóssi, Xangô, Iemanjá etc...) de Guias (Pretos Velhos, Caboclos etc...), sempre respeitando os rituais básicos da nossa Religião. A Umbanda se ramificou em diversos nomes e formas de louvar, mas é Umbanda, ou seja, a religião que tem como ponto principal, " a Incorporação do Espírito para a Prática da Caridade! Com os mais sábios aprenderemos e aos demais ensinaremos", como proclamou o Caboclo das 7 Encruzilhadas quando 
materializou a Religião. 

Portanto, o umbandista é aquele que frequenta um Templo de Umbanda, participa de seus eventos, batiza seus filhos, casa na Umbanda, vai as Festas e Rituais da Religião, se torna ou não médium de um terreiro. 


A Páscoa e a Umbanda
O que a Páscoa tem a ver com a Umbanda?  A única ligação é dos umbandistas que foram católicos e não conseguiram se desligar dos antigos ritos e ainda se sentem ligados ao catolicismo, pois não assumem ainda a Umbanda como sua religião que os completa totalmente, seja por medo da responsabilidade, discriminação ou ainda por falta de clareza de quão bela é nossa religião. Ou ainda por se considerarem com duas religiões. Verdade! Já ouvi isso de umbandistas.

Vale lembrar que no Ritual Católico, a Páscoa é representada como a ressurreição de Jesus Cristo após ter sido caluniado, torturado e morto pelos judeus. Para nós Umbandistas não existe ressurreição, mas sim REENCARNAÇÃO, quando o espírito deixa o corpo, passa um período no plano espiritual e depois volta para cumprir outra missão na terra com outro corpo e outra história. Para a Umbanda, o Plano Terreno é de aprendizagem para o Espírito.

Nós umbandistas fazemos jejum e orações sob orientação dos guias quando se faz necessário, mesmo porque, peixe também é carne. Vale lembrar que, na época em que surgiu este rito de só comer peixe, séculos XV e VI, o Vaticano financiava a maior parte das expedições para pesca de bacalhau e lucravam com isto, daí veio a determinação, devido a grande influência da igreja católica nos governos ocidentais.

Assim, a Páscoa misturou vários rituais de outros povos considerados até profanos, como os povos nórdicos que davam ovos cozidos e coloridos em comemoração à Fertilidade de acordo com suas crenças. Ritual transformado numa forma de ganho econômico quando o ovo se tornou de chocolate. O Coelho, símbolo de fertilidade também.

Como lidar com este feriado
No entanto, é um feriado nacional, cuja a maioria de nós respeita e aproveita para viajar, mas também pode ser um momento de fazer as orações e pedir para melhora de nosso país, família, trabalho e que não se torturem mais as pessoas como os poderosos fizeram com Jesus, o Cristo.

Não se preocupe se deve ou não comer carne, coma o que quiser, mas sempre faça a prece sobre seu alimento para que se torne um medicamento em seu corpo físico e sejam retiradas todas as negatividades em cada fase de sua fabricação como orientam os guias do Recanto Sagrado Ubiratan.

Se tiver que passear, passeie! Se tiver que reunir a família, reúna! Sempre seguindo o nosso ritual de fazer as preces para que possamos ser bênçãos vivas e receber as irradiações vivas e divinas de nossos Amados Orixás e Mentores de Luz. 

Jesus e Oxalá

No mais, há o sincretismo de Jesus com Oxalá. 
Jesus foi um grande espírito de Luz que encarnou para sua grande missão na terra e influenciou todo o mundo ocidental em seus governos e organizações religiosas. Usando seu nome, fizeram guerras, ocuparam territórios, o que não foi nada ordenado por Jesus.

Oxalá é Orixá, Divindade, Trono da Fé de Deus, sustenta a Fé em toda a Criação Divina, seja ela consciente ou não de sua existência, humanos sejam de que religião for.  É Energia Pura de Deus que irradia Fé o tempo todo à Toda Criação de Deus e dá sustentação todas as atuações no Plano da Fé que seguem as  irradiações Divinas. Sustenta inclusive profetas, avatares, mestres ascencionados, seres iluminados que têm como missão vir espalhar a Fé em Deus e pregar união entre os humanos.
Sustentador inclusive da Luz de Jesus Cristo para o cumprimento de sua missão Divina como enviado de Deus para mudança da mentalidade e trazer a energia do Amor, Compreensão, Harmonia, Retidão, Fé e Comunhão de um humano com seu próximo como irmãos em Deus.

Esclarecidas dúvidas, siga em paz com o feriado, pratique a Umbanda que é uma ação diária com a qual nos tornamos unos com Deus. Capte e transmita a energia crística de Amor, Compreensão, Harmonia, Retidão, Fé e Comunhão, pregada por Jesus- o Cristo, assim como Buda,Krishna e de outras culturas. E respeitem os católicos, porque nós, umbandistas, respeitamos todas as outras religiões!

Que Oxalá abençõe a todos!

segunda-feira, 19 de março de 2018

Criando Prosperidade

Nesta próxima quarta-feira, das 20h `às 21h30, teremos o Culto Especial com o tema "Criando Prosperidade" e todos estão convidados. Para adiantar a reflexão, escrevi este artigo para que todos possam ler a respeito. Lembrando que teremos um ritual para atrair prosperidade, meditação para mudança da vibração de cada um. Traga objetos para consagrar como proteção. Participe! 
Texto: Mãe Sandra Sagrado


O que Prosperidade?
Segundo o dicionário,  Prosperidade refere-se à qualidade ou estado de próspero, que, por sua vez, significa ditoso, feliz, venturoso, bem-sucedido, afortunado. E para voce, qual o significado?
Observe as pessoas prósperas, geralmente elas têm confiança em si, entendem as adversidades como lições a serem aprendidas e são espiritualizadas, ou seja, acreditam que uma Energia Maior sustenta o Universo.

A maioria das pessoas ainda associa a prosperidade somente a bens materiais e dizem quero ser próspero, quero ter as coisas, mas estão sempre reclamando, xingando, com raiva ou ódio, irradiando sentimentos negativos. Isso combina com Prosperidade? Claro que não! O Próspero sabe Perdoar e Agradecer sempre!

Perdão e Gratidão
Quando voce consegue acreditar que todas as dificuldades que passa em sua vida são lições a serem aprendidas e enquanto voce não aprendê-las, elas se repetirão, voce se abre para mudar. Porque voce não pode mudar o mundo, primeiro tem que começar a mudança por si mesmo. O grande erro das pessoas é criticar somente as outras e, com isso, acumulam sentimentos e emoções negativas que ficam vibrando em seu campo mediúnico atraindo energias afim com essa negatividade. Pare, reflita: como eu estou na situação atual comigo mesmo? Será que me perdoei para conseguir perdoar os outros, será que consigo ter gratidão por toda a minha vida?  Se voce consegue dizer sim a estas duas questões, já está a um passo da Prosperidade.

O Perdão é a arma dos fortes. Quando nos perdoamos, nos alinhamos internamente e, ao perdoar todos à nossa volta por entendermos que ninguém é perfeito e por isso estamos no plano físico,  enfraquecemos a negatividade das energias que possam estar à nossa volta e, portanto, nos fortalecemos, assim como damos menos trabalho a nossos mentores e guias, pois estamos fazendo nossa parte. 

A Gratidão é a arma dos merecedores. Cada vez que agradecemos por tudo, não importa se uma situação incômoda ou não, porque entendemos que temos que aprender a lição, uma luz se forma sobre nós para o devido amparo para ultrapassarmos os obstáculos e assim, pouco a pouco, criarmos uma aura mais luminosa que irá atrair tudo o que for positivo.

É um exercício individual diário, tanto mental, quanto emocional e espiritual que cada um deve fazer sempre, principalmente quando estiver passando por dificuldades. Ao invés de culpar os outros por suas desventuras, procure sim ver como ultrapassá-la, pedindo inteligência e sabedoria divinas para compreender e lidar com a situação e todos os envolvidos.

Assim, a Prosperidade não é só a conquista de bens materiais, mas também a paz mental, o equilíbrio emocional e a maturidade espiritual, que desencadeiam em saúde física e mental. Por isso, é um processo, uma construção e uma desconstrução de pensamentos e crenças que possam limitar suas potencialidades e capacidades. 

Todos são filhos do Divino Criador Olorum (Deus) que criou tudo o que existe e nunca foi gerado e todos nós temos esta Centelha Divina que nos liga ao Pai. Vamos aumentar esta ligação, perdoando e agradecendo. Abaixo duas orações para e ajudar neste processo.

ORAÇÃO DO PERDÃO
Buscando eliminar todos os bloqueios que atrapalham minha evolução, dedicarei alguns minutos
para perdoar.
A partir deste momento, eu perdôo todas as pessoas que, de alguma forma, me ofenderam, me
injuriaram, me prejudicaram ou me causam dificuldades desnecessárias.
Perdôo sinceramente quem me rejeitou, me odiou, me abandonou, me traiu, me ridicularizou, me
humilhou, me amedrontou, me iludiu.
Perdôo, especialmente, quem me provocou até que eu perdesse a paciência e reagisse
violentamente, para depois me fazer sentir vergonha, remorso ou culpa inadequada.
Reconheço que também fui responsável pelas agressões que recebi, pois várias vezes confiei em
indivíduos negativos, permiti que me fizessem de bobo e descarregassem sobre mim seu mau
caráter.
Por longos anos suportei maus tratos, humilhações, perdendo tempo e energia, na tentativa inútil
de conseguir um bom relacionamento com essas criaturas.
Já estou livre da necessidade compulsiva de sofrer e livre da obrigação de conviver com indivíduos
e ambientes tóxicos. Iniciei agora, uma nova etapa na minha vida, em companhia de gente amiga,
sadia e competente: queremos compartilhar sentimentos nobres, enquanto trabalhamos pelo
progresso de todos nós.
Jamais voltarei a me queixar, falando sobre mágoas e pessoas negativas. Se por acaso pensar
nelas, lembrarei que já estão perdoadas e descartadas de minha vida íntima definitivamente.
Agradeço pelas dificuldades que essas pessoas me causaram, pois isso me ajudou a evoluir, do
nível humano comum ao nível espiritualizado em que estou agora.
Quando me lembrar das pessoas que me fizeram sofrer, procurarei valorizar suas boas qualidades
e pedirei ao Criador que as perdoe também, evitando que elas sejam castigadas pela Lei da Causa
e Efeito, nesta vida ou em futuras. Dou razão a todas as pessoas que rejeitaram meu amor e
minhas boas intenções, pois reconheço que é um direito que assiste a cada um me repelir, não me
corresponder e me afastar de suas vidas.
(Fazer uma pausa, respirar profundamente algumas vezes, para o acúmulo de energia)
Agora, sinceramente, peço perdão a todas as pessoas a quem, de alguma forma, consciente e
inconscientemente, eu ofendi, injuriei, prejudiquei ou desagradei.
Analisando e fazendo julgamento de tudo que realizei ao longo de toda minha vida, vejo que o
valor de minhas boas ações é suficiente para pagar todas minhas dívidas, e resgatar todas minhas
culpas, deixando um saldo positivo em meu favor.
Sinto-me em paz com minha consciência e de cabeça erguida respiro profundamente, prendo o ar
e me concentro para enviar uma corrente de energia destinada ao Eu Superior.
Ao relaxar, minhas sensações revelam que este contato foi restabelecido.
Agora dirijo uma mensagem de fé ao meu Eu Superior, pedindo orientação, proteção e ajuda, para
a realização, em ritmo acelerado, de um projeto muito importante que estou mentalizando e para o
qual já estou trabalhando com dedicação e amor.
Agradeço de todo o coração, as pessoas que me ajudaram e comprometo-me a retribuir,
trabalhando para o bem do próximo, atuando como agente catalizador do entusiasmo,
prosperidade e auto-realização.
Tudo farei, em harmonia com as leis da natureza e com a permissão do nosso Criador, Eterno,
Infinito, Indescritível, que eu, intuitivamente, sinto como o único poder real, atuante dentro e fora de
mim.
Assim seja, assim é e assim será!
Pelo nome mais Sagrado de Deus!
Graças a Deus!


ORAÇÃO DA GRATIDÃO
Divino Criador Olorum, Criador de Tudo quanto existe e a tudo gerou e nunca foi gerado.
Sou grato(a) pela oportunidade desta encarnação, para aprender e evoluir, tanto física, material, emocional, mental e espiritualmente.
Que a verdade se manifeste em mim.
Sou grato(a) pela vida;
Agradeço pelo ar que entra em meus pulmões e que me traz a vida.;
Agradeço pelo sol que me esquenta; agradeço pelo alimento e a abundância divina em minha vida.
Manifesto uma profunda gratidão pela água que chega até minha casa;
Sou grata(o) a cada dia que me traz uma nova oportunidade de ser feliz;
Expresso a gratidão a cada pessoa que passa em minha vida;
Agradeço por todas as coisas boas que acontecem em meu dia;
Expresso uma profunda gratidão por todas as coisas que tenho;
Agradeço por ter conhecido as pessoas que amo;
Agradeço por ter conhecido as pessoas que tive algum desentendimento, pois elas acabaram sendo professores de minha vida espiritual e emocional.
Agradeço pela noite que me permite descansar e recarregar minhas energias;
Sou grato(a) por minha cama que me proporciona uma boa noite de sono;
Sou grato(a) por todas as coisas simples que tenho e que sem elas minha vida seria muito difícil;
Agradeço por todas as dificuldades que serviram de lições para meu crescimento nesta encarnação.
Agradeço por todas as bênçãos de luz, que me fizeram ser instrumento de Deus para aprender sobre o Amor Incondicional e sobre a Doação enquanto ser divino.
Que a gratidão preencha meu ser;
Que essa energia se manifeste em minha mente e em meu coração, se tornando uma prece constante e iluminando minhas palavras, pensamentos e ações para que, a partir de agora eu tenha  luz da Gratidão do Criador em Mim.
Assim é e assim será, pelo nome mais sagrado de Deus. Dou Graças.

OBS.: Após as orações, converse com Deus, do fundo de se coração, com suas palavras. 

Quanto vale sua prosperidade?
Quando se fala em Prosperidade, a maioria das pessoas só quer receber e jamais pensa em doar, mas saiba que só atrai a prosperidade também quem sabe se doar, perdoar e agradecer. Se voce não doa, não ajuda, não compartilha, não colabora com ninguém e só vive voltado pra si mesmo, como atrairá Prosperidade? Pense nisso e, ao invés de só querer receber, procure também doar, se doar, colaborar com o que é importante, causas, instituições, pessoas e seja ativo, proativo, pense sempre na solução.

Serviço:
Culto Especial: Criando a Prosperidade
Dia: Quarta-feira, 21 de março de 2018
Horário: ds 20h às 21h30
Contribuição: Valor Espontâneo (quanto vale sua prosperidade?)
Local: Recanto Sagrado Ubiratan
Endereço: Rua Victório Santim, 1511, Vila Carmozina, Itaquera, São Paulo/SP